quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Caminho




cacei palavras para compor um verso
me costurei no inverso da folha branca
empalideci no tempo e observei
o tapete de flores caídas ao chão

aprendi a digerir o não e a melodia branda
tirei as farpas dos dedos e compreendi
é o desafeto que toca o trem
também a falta de sonhos me faz sonhar

é a linha férrea que me faz seguir a terra
a cor cinza me faz querer o azul
as cordas entoam as marcas plantadas
na minha estrada em linha reta.


(Juliana Trentini)

4 comentários:

  1. " também a falta de sonhos me faz sonhar"

    Que lindo, mana!

    =*

    ResponderExcluir
  2. Wellington Fernandes1 de setembro de 2009 13:55

    Seu blog é viciante!

    ResponderExcluir
  3. Ju, qd sai o livro de poesias? Pq talento tens por demais!

    ResponderExcluir