segunda-feira, 25 de maio de 2009

De sonhos e de chuvas

A chuva deu uma trégua para anunciar a chegada da noite, ainda assim, reservou-se ao espaço cúbico e não quis violar olhares estranhos e nem conhecidos. Desventrou as palavras do silêncio, rasgando os azulejos brancos com os pés, cultivou os calos, escorregou no piso molhado da varanda e viu a cidade acesa mais uma vez gotejando do céu chuvas e sonhos.

Observou o vasinho pobre com flores implorando por água que sempre se esquecia de regar. Enquanto o céu desabava tanta abundância lá fora, entrou , encheu o copo com água e saciou uma sede que não era sua e sentia ressecar os lábios, tinha muita sede e não era de água.

Não sabia qual era a sede que tinha, viu a barra de chocolate meio amargo na geladeira, saciou uma sede que também não era sua, era corpórea, forçada, carnal. Entrou no quarto, viu um presente na cama, um cd de Marisa Monte. Não sabia quem a tinha presenteado, mas sabia que era seu; colocou no som e saciou sua alma, a alma tolhida de medos só tinha uma sede ou duas: De amor e de sonhos, ela é chuva que molha os guarda-chuvas alheios e abranda a cidade que abriga desejos dominicais.


Aperitivo poético:

Sonho vago

Um sonho alado que nasceu um instante,
Erguido ao alto em horas de demência…
Gotas de água que tombam em cadência
Na minh’alma tristíssima, distante…

Onde está ele, o Desejado? O Infante?
O que há-de vir e amar-me em doida ardência?
O das horas de mágoa e penitência?
O Príncipe Encantado? O Eleito? O Amante?

E neste sonho eu já nem sei quem sou…
O brando marulhar dum longo beijo
Que não chegou a dar-se e que passou…

Um fogo-fátuo rútilo, talvez…
E eu ando a procurar-te e já te vejo!
E tu já me encontraste e não me vês!…

Florbela Espanca - Charneca em Flor



Meu aperitivo:

Procurei guerras
Fiz da minha voz munição
O choro,
Foi apenas mais uma canção
Perdida entre as balas perdidas

Entre mortos e feridos
Sobrevivi
Para colher os destroços do caminho
E fechar os cortes escritos em mim.


(Juliana Trentini)

4 comentários:

  1. Fico feliz que você tenha gostado do DVD... =)

    ResponderExcluir
  2. Não tem como não gostar de Marisa Monte, vou morrer gostando.

    ResponderExcluir
  3. mulher, me prometa que daqui a uns anos vc vai reunir sua prosa e sua poesia em livros????? fará parte da vanguarda literária do estado e será tema de aula do prof. tarcísio! kkkkkkkkkkkk bjooo

    ResponderExcluir
  4. Kika só tem vc mesmo hahahahha

    adoroooo

    ResponderExcluir